SAIBA COMO RECEBER AJUDA

FASE 01 - CADASTRAMENTO E CONFERÊNCIA
Profissionais do audiovisual gaúcho que foram afetados na inundação e que se cadastram no formulário, mediante confirmação de atuação no setor nos últimos 03 anos (o comitê do audiovisual gaúcho é a garantia de que estes recursos estão sendo destinados a profissionais do audiovisual do estado).

FASE 02 - CONTATO INICIAL
Um grupo de apoio entrará em contato com o profissional cadastrado para entender as necessidades de cada etapa: acolhimento (psicóloga, ajuda com alimentação, logística), auxílio=apoio para limpeza (e material), compra de material e contratação de serviços (para ajudar na reconstrução dos lares).

FASE 03 - APLICAÇÃO DE RECURSOS PARA AQUISIÇÕES E SERVIÇOS

O Comitê administra os recursos arrecadados via PIX, avaliando em cada etapa (o volume de recursos ) necessidades e as possibilidades de ajuda (para a necessidade de) a cada profissional afetado pelas enchentes. A conta será gerida pelo Instituto Akamani, com aprovação do comitê e apresentação de prestação de contas.

Nosso objetivo é criar condições financeiras para realizar ações de apoio aos trabalhadores e trabalhadoras de audiovisual do Rio Grande do Sul. Entre os focos da iniciativa Futuro Audiovisual RS estão:

  • Identificar e mapear os profissionais do setor audiovisual gaúcho que foram afetados pelas inundações e entender as principais demandas de cada um para a sua reestruturação.

  • Arrecadar recursos financeiros por meio de doações para viabilizar a efetivação da ajuda para os profissionais do audiovisual gaúcho.

  • Realizar ações de acolhimento aos atingidos, por meio de ações de atendimento de demandas emergenciais (psicóloga, ajuda com alimentação, logística), auxílio para limpeza e material, colaboração na compra de material e contratação de serviços para ajudar na reconstrução dos lares e locais de trabalho.

A dinâmica da proposta prevê que o comitê de gestores analise as demandas e customize a ajuda, garantindo que os recursos obtidos sejam aplicados da forma mais eficiente possível, contribuindo com a necessidade pontual de cada profissional afetado, de acordo com a fase de reconstrução/retomada de cada um.

RESUMO DAS FASES


METODOLOGIA

A metodologia acontece de acordo com as seguintes etapas:

  • Coleta de demandas e pedidos de ajuda para o mapeamento a partir de formulário online.

  • Recebimento de doações a partir da chave PIX da campanha.

  • Análise das informações coletadas junto aos profissionais afetados para o estabelecimento da ajuda a ser efetivada, levando em consideração os critérios de prioridade e viabilidade.

  • Desenvolvimento de plano de ação de modo a gerar a efetivação da ajuda por meio da aquisição de produtos e/ou serviços a serem oferecidos aos beneficiados.

  • Prestação de contas regular de modo a elucidar o fluxo operado:

    • montante recebido pelas doações

    • ajudas prestadas, com comprovação/recibo

    • fluxo de execução

Grupos de Trabalho formados por representantes das instituições integrantes do Comitê Gestor da iniciativa Futuro Audiovisual RS são os responsáveis por:

  • Mapeamento e Priorização (dos Auxílios) dos apoios.

  • Aquisição dos itens necessários às ajudas.

  • Entrega dos materiais e geração dos recibos/comprovações.

  • Acompanhamento (Financeiro) e Relatórios de Prestação de Contas.

  • Comunicação.

O comitê gestor irá deliberar sobre os recursos arrecadados via PIX, avaliando em cada etapa o volume de recursos e as possibilidades de ajuda (para a necessidade de cada profissional afetado pelas enchentes.). A conta será gerida pelo Instituto Akamani, com aprovação do comitê gestor e apresentação de prestação de contas.

O Futuro Audiovisual RS tem como meta ajudar nossos colegas (e amigos) do audiovisual de forma correta, responsável e transparente. Para isso, teremos gestão financeira profissional e verificável, bem como prestação de contas pública.

Uma vez finalizada a distribuição de auxílios da ETAPA 01 - Lar Seguro iremos publicar aqui os Relatórios de Prestação de Contas.

PRESTAÇÃO DE CONTAS

COMITÊ GESTOR

Compõem o comitê gestor da iniciativa Futuro Audiovisual RS, os seguintes membros:

REPRESENTAÇÃO VIA INSTITUIÇÕES:
Aletéia Selonk (INSTITUTO AKAMANI)
Ane Siderman (API)
Beto Rodrigues (FUNDACINE)
Danilo Fantinel (ACCIRS)
Flávia Matzenbacher (SIAV/FIERGS)
Gisele Hiltl (SIAV/RS)
João Chagas (APTC)
Kaya Rodrigues (MACUMBA LAB)
Lucas Cassales (APTC)

REPRESENTAÇÃO VIA PRODUTORAS, DISTRIBUIDORAS E EMPRESAS GAÚCHAS:
Daniel Lombardi (Yatta Filmes)
Daniela Israel (Bactéria Filmes)
Daniela Menegotto (Lança Filmes/Sulflix)
Nora Goulart (Casa de Cinema)
Wilton Martins (Locall Equipamentos)
Zé Luis Valim (José Luis Justin Valim)

Ligia Walper (Walper Ruas Produções)

REPRESENTAÇÃO DE PROFISSIONAIS AUTÔNOMOS DO AUDIOVISUAL GAÚCHO:
Bruno Polidoro
Renata Timm

MEMBRO CONSULTIVO DO COMITÊ:
Sofia Ferreira (IECINE)

GRUPO DE TRABALHO FORMULÁRIO DE PROFISSIONAIS:

Aline Simmi (Yatta Filmes)

Bruno Palaoro (produtor locação)

Camila Franzen (produtora de objetos)

Lucas Amaral (produtor de set)

Magali Heinze (Yatta Filmes)

Maria Eduarda Brino (Yatta Filmes)

Sofia Lombardi (Yatta Filmes)

Soraia de Matia (produtora de arte)

Victória Melgarejo (contrarregra)

Victoria Valenti (assistente de produção)